Quarta-feira, 28 de Julho de 2004

Palhaços


Quantos de nós somos como os palhaços...

...que nos fazem rir quando estamos tristes?

...que riem para esconder as lágrimas?

...que brincam para não mostrar o desespero?

...que alegram as nossas vidas como gostariam de fazer às deles?

Quantas vezes somos palhaços apenas para manter o equilíbrio?

publicado por floreca às 20:05
link do post | comentar | favorito
11 comentários:
De Anónimo a 29 de Julho de 2004 às 12:26
Violeta:-)floreca
</a>
(mailto:a_floreca@hotmail.com)


De Anónimo a 29 de Julho de 2004 às 10:19
Este post ganha o nº 1 da minha escala. Tu sabes bem que é o meu tema de eleição. beijosLolaViola
</a>
(mailto:vileta_2002@mail.pt)


De Anónimo a 29 de Julho de 2004 às 01:15
Tu também, MWoman:-)floreca
</a>
(mailto:a_floreca@hotmail.com)


De Anónimo a 29 de Julho de 2004 às 01:08
Ui, floreca, muitas e muitas vezes!Beijinhos e fica bem.MWoman
(http://devaneio.blogs.sapo.pt/)
(mailto:siilvam@hotmail.com)


De Anónimo a 29 de Julho de 2004 às 00:18
Agora o comentário... por vezes temos de brincar para não nos deixarmos abater pela tristeza... era isso que eu queria dizer, com manter o equilíbrio... é assim que eu faço, muitas vezes!floreca
</a>
(mailto:a_floreca@hotmail.com)


De Anónimo a 29 de Julho de 2004 às 00:16
Deixei nada, rapariga! Estava a conversar com alguém:-)floreca
</a>
(mailto:a_floreca@hotmail.com)


De Anónimo a 29 de Julho de 2004 às 00:14
Deixaram-me aqui sózinha, feita palhahaça ! ehehe Bjs, florecazinha.
Fly-away
</a>
(mailto:kioko_koizo@hotmail.com)


De Anónimo a 28 de Julho de 2004 às 21:31
E agora o comentário. Desculpa lá, florecazinha. Palhaça para manter o equilíbrio?!... NUNCA!Fly_away
</a>
(mailto:kioko_koizo@hotmail.com)


De Anónimo a 28 de Julho de 2004 às 21:29
Primeiras!!! eheheheFly_away
</a>
(mailto:kioko_koizo@hotmail.com)


De luciene a 11 de Fevereiro de 2011 às 01:18
parabens, adorei a mensagem sobre palhaço, as vezes temos vontade real de ser um palhaço de circo. Pelo menos através da pintura esconde a tristeza que vem na alma.


Comentar post