Sexta-feira, 24 de Dezembro de 2004

Feliz Natal

Estamos na véspera de Natal. Acabei agora de embrulhar as prendinhas todas, tenho tudo pronto para a noite de amanhã (ou de logo...).
Como de costume, vou passar o Natal a casa da minha Mãe, com o resto da família. É lá que vou preparar todas as outras coisas para a consoada.
Para mim, o Natal é isso: passar a véspera a cozinhar, numa algazarra constante naquela cozinha. Tempos houve em que era bem mais animado, mas a família tem vindo a diminuir. E nota-se uma diferença enorme desde que a minha Avó deixou de nos fazer companhia nestes dias...
Depois vem a noite. Somos sempre poucos à mesa. Lá vai o tempo em que a casa estava sempre cheia! Agora, o bom é ver a cara dos miúdos quando vão buscar as prendas à árvore de Natal, a rasgar os embrulhos cheios de vontade!...
Há muito que o Natal deixou de ser, para mim, uma altura feliz. Acho que nestes momentos só penso na falta que algumas pessoas fazem por não estarem ao meu lado...

Um Feliz Natal para todos, junto das pessoas que amam e que vos amam...


publicado por floreca às 01:40
link do post | comentar | favorito
9 comentários:
De Anónimo a 28 de Dezembro de 2004 às 06:36
Muito obrigada pelos teus votos. Vou contar-te uma coisa. Este Natal foi muito triste para mim, fez-me falta alguém especial ao meu lado, apesar de ter os meus pais queridos e a minha maninha. Quando li, num fórum sobre animais onde participo, uma amiga que escreveu a reclamar que o que recebeu do marido foi uma caixa de after-eights, sorri (sei que se adoram) e depois de repente comecei a chorar por não ter quem me ame e me ofereça uma caixa de chocolates. Escrevi lá isso mesmo. Entre muitas das respostas, alguém me disse que um dia destes também eu vou ter direito à minha caixinha de chocolates. Eu acreditei. E é com este pequeno sonho que quis partilhar contigo que te digo: também vais ter direito à tua caixinha de chocolates. Não comento aqui muito mas, pelo que tenho lido, deu para perceber que tens um coração lindo e ele não passa despercebido. Desculpa a mensagem longa, mas fiquei comovida... Beijo enorme.Carla
</a>
(mailto:cferreirapedro@sapo.pt)


De Anónimo a 27 de Dezembro de 2004 às 01:34
Eu acho que quando começamos a crescer o Natal passa a ser completamente deprimente. Sentimos a falta da alegria de abrir os presentes, até podia nem ser o que tinhamos pedido mas eram sempre os nossos presentes. Talvez seja mesmo assim a vida... ********* :)CaMiLiNhA
(http://simplesmentepalavras.blogs.sapo.pt)
(mailto:lipaxana@sapo.pt)


De Anónimo a 27 de Dezembro de 2004 às 00:54
Gostei muito do teu blog. Bom natal e feliz ano novo tambem para ti.
Obrigado por teres passado pelo meu blog.

Bom ano novoDevilBlessed
(http://porque.blogs.sapo.pt)
(mailto:alexmd@sapo.pt)


De Anónimo a 26 de Dezembro de 2004 às 18:00
Para ti e os que te rodeiam, tambem tudo de bom.PlantaCarnivora
(http://aseivadosolidadgo.blogs.sapo.pt/)
(mailto:seivadosolidago@sapo.pt)


De Anónimo a 25 de Dezembro de 2004 às 22:01
Feliz Natal e um 2005 cheio de coisas boas.Elsa
(http://delirios2004.blogs.sapo.pt/)
(mailto:eee@sapo.pt)


De Anónimo a 25 de Dezembro de 2004 às 20:22
Feliz 2005 pleno de muita saúde sorte e vida.isabel
(http://www.sintonia.blogs.sapo.pt)
(mailto:isabel_espadinha@msn.com)


De Anónimo a 24 de Dezembro de 2004 às 11:59
Todos sentimos mais as nossas perdas neste dia (ou nesta noite). Temos é de dar valor aos que estão connosco e rellembrar com saudade os que já não estão... Beijinhos. FELIZ NATALsaltapocinhas
</a>
(mailto:mapsl@sapo.pt)


De Anónimo a 24 de Dezembro de 2004 às 10:14
Também o meu Natal tem uma mesa assim, com poucas pessoas, onde outrora já foram mais. É a vida, que não pode ser parada. E também eu vejo esta como uma época menos boa. Assim como essas pessoas nos fazem falta, gosto de pensar que também nós fazemos falta a outras pessoas! Que gostariam de nos ter perto, como nós a elas! Mas ficam no nosso pensamento e isso é que importa! :) Floreca, um Natal muito muito Feliz! Um beijo grandeVulcão
(http://devaneio.blogs.sapo.pt/)
(mailto:Vulcao_Bahia@sapo.pt)


De Anónimo a 24 de Dezembro de 2004 às 09:50
Bom dia, Floreca. E que tal pensares na falta que fazes a algumas pessoas que estão mesmo ao teu lado... Algumas até estão bem perto. E algumas instaladas na tua alma. A felicidade é um momento único e um bem escasso. Precisamos saber construí-lo e partilhá-lo.
Um beijo de Natal para ti, desta tua amiga esvoaçante...Fly_Away
</a>
(mailto:kioko_koizo@hotmail.com)


Comentar post