Sábado, 19 de Março de 2005

Despedida

Esta semana despedi-me da minha Mãe.
A sua partida já estava, de certa forma, anunciada há algum tempo e notava-se na minha tristeza nos últimos dias.
Depois da dor maior do momento, neste momento estou calma, pois sei que finalmente ela encontrou a paz que tanto procurava.
Sei que as saudades vão apertar, daqui para a frente, quando me apetecer pegar no telefone para lhe contar aqueles pequenos nadas do dia-a-dia e não tiver ninguém do outro lado da linha.
Quando entrar em casa dela e ela lá não estiver e, aos poucos, as marcas dela forem desaparecendo.
Quando precisar de um conselho e ela já não mo puder dar.
Quando precisar apenas de um sorriso, de um beijo ou de um abraço...
É um vazio enorme que fica.
A minha Mãe ensinou-me que, quando as pessoas morrem, ficam a olhar por nós. Eu sei que, no cantinho onde ela estiver, lá estará a olhar pelas pessoas que ela tanto amou e tanto apoiou.
No meu coração ficará para sempre.

publicado por floreca às 07:52
link do post | comentar | favorito
16 comentários:
De Anónimo a 31 de Março de 2005 às 19:47
...oh amiguinha...normalmente dou uma geral nos posts...e deparei-me com este...lamento profundamente...e espero que consigas encontrar forças...para olhares em frente...e pensares na tua querida mãe...que te há-de acompanhar sempre no teu coração...SEMPRE!...

Um beijinho* grande.Estrela do mar
(http://www.clavedelua.blogspot.com)
(mailto:clavedelua@netvisao.pt)


De Anónimo a 23 de Março de 2005 às 22:29
Olá Amiga. O teu texto é lindo, e fez antecipar o tempo em que não terei mãe. Um pai é importante, mas a mãe é sempre algo mais. Tu viveste nela... e agora ela vive em ti. Bjs ;-) sPOt
</a>
(mailto:s_p_o_t_m_e@hotmail.com)


De Anónimo a 23 de Março de 2005 às 20:56
Olá Floreca, não me conheces nem eu te conheço mas passei pelo teu blog sem querer e acredito que as coisas não acontecem por acaso. Tudo o que a tua mãe teve de bom vai continuar em ti no teu coração nas tuas memorias. A sua energia vital não morreu juntamente com o seu corpo, essa continua não se apaga nem se acaba. Todos nos temos de acreditar em algo, pessoalmente eu acredito em outras vidas e acredito que as pessoas que amamos nesta vida estão ligadas a nós em vidas anteriores e futuras. Não existe a morte apenas um recomeço. O que doi é a saudade que essa pessoa querida deixa nesta vida. Desejo-te muita paz e luz para iluminar o teu caminho. Beijoscristina
(http://cristina36.weblogger.com.br)
(mailto:cris.coelho@sapo.pt)


De Anónimo a 23 de Março de 2005 às 05:53
Eu acredito nisso, que ficam a cuidar de nós para sempre, até ao momento do reencontro e em que passamos nós mesmos a cuidar de outros também. Um beijo muito grande, floreca...Carla
(http://papoilasdoces.blogs.sapo.pt)
(mailto:cferreirapedro@sapo.pt)


De Anónimo a 22 de Março de 2005 às 10:48
Vais lembrá-la sempre! Bom ver-te de volta, ainda que aos poucos. É também, seguramente, uma forma de a sentires. Um abraçoVulcão
(http://devaneio.blogs.sapo.pt/)
(mailto:Vulcao_Bahia@sapo.pt)


De Anónimo a 21 de Março de 2005 às 22:54
ola!
lamento...
ela podera ñ estar do outro lado da linha mas estara sempre em teu coraçao e olhara sempre por ti de onde ker k esteja.
jinhosMiss-Devil
(http://missdevil.blogs.sapo.pt/)
(mailto:Miss-Devil@sapo.pt)


De Anónimo a 21 de Março de 2005 às 14:00
nos momentos em k mais precisares vais sentir um calorzinho k te vai dar o apoio k necessitares, é ela a indicar-te o melhor caminho a seguir.mt força daqui pra frente.sandy
</a>
(mailto:snunes r@hotmail.com)


De Anónimo a 21 de Março de 2005 às 13:33
Desculpa não ter vindo dar-te um abraço mais cedo... mesmo assim, repito as tuas últimas palavras "No meu coração ficará para sempre"... e as pessoas nunca desaparecem quando continuam a viver no nosso coração! ;) Muita força e beijinho.




catarina
(http://alemdalenda.blogs.sapo.pt/)
(mailto:ccatarinan@hotmail.com)


De Anónimo a 21 de Março de 2005 às 12:25
....infelizmente, também já passei por situação identica..........Deixo-te um beijo imenso........inpulso
</a>
(mailto:ajoanes@iol.pt)


De Anónimo a 21 de Março de 2005 às 10:21
Ela viverá eternamente, no teu coração!
Verás sinais dela em pequenos gestos teus!
beijinhosa
</a>
(mailto:a@mail.pt)


Comentar post