Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O meu Mundo:-)

O meu Mundo:-)

Testes...

floreca, 17.02.06
align=center>Sempre adorei fazer testes, vá-se lá saber porquê!
Aqui está mais um:

width=200 align=center border=0 cellspacing=0 cellpadding=2>align=center>VOCÊ É MOLDURA COM FOTOGRAFIA
Você é muito centrado na sua cara-metade e na vida a dois. Gosta de recordar os bons momentos, de emocionar e de surpreender. Porém, às vezes leva este seu esforço contínuo a tornar já banais os momentos especiais. Cuidado para não ostracizar as outras pessoas em seu redor, como família ou amigos.

Comemorações

floreca, 07.02.06

Há coisas que não se entendem.
Neste fim de semana que passou comemorei os meus anos com alguns amigos e lembrei-me de marcar mesa no Assador Típico da Maia, que pertence a um grupo de vários na zona do Porto. Primeiro passo, ir às Páginas Amarelas na Internet procurar o número. Como é lógico, escrevi "assador típico"... e nada! Apareceram-me todos menos o da Maia. Segundo passo, procurar nas Páginas Amarelas de papel. Descobri-o logo, é o primeiro restaurante da Maia... mas está escrito Açador Típico!!! Depois foi só confirmar na net!
Acabei por fazer o jantar em casa, o que me soube muito bem.

Já agora, comemorei os meus anos porque dois amigos me obrigaram. Ainda bem que o fizeram. E ainda bem que são meus amigos....

O dia de ontem...

floreca, 03.02.06
align=justify>...foi bem melhor do que o do ano passado.
width=150 align=left hspace=10>Passei dia a trabalhar, mas isso não foi o suficiente para me estragar a boa disposição. Acho que até ajudou, apesar de ninguém saber que eu fazia anos.
O meu telemóvel não parou desde manhã cedo, entre família e amigos, telefonemas e mensagens. Para além disso, a Laurinha andou a espalhar a notícia, o que aumentou significativamente a afluência a este cantinho!
Estes pequenos gestos sabem-nos a muito, sobretudo quando andamos menos bem.
No meio de tudo isto recebi uma mensagem que me fez chorar. Não pelo conteúdo, eram apenas os parabéns, mas pela pessoa que a enviou. Era a última pessoa que eu imaginei que o fizesse. A verdade é que eu pensava que ele nem sabia do meu aniversário.
Afastámo-nos há alguns meses, pouco ou nada temos conversado desde essa altura, mas lembrou-se e sabia como era importante para mim que o fizesse.
São pormenores como este (e tantos outros!) que fazem dele uma pessoa muito especial. Só lamento tê-lo tido na minha vida e tê-lo deixado fugir... É preciso andar mesmo a dormir!!!

Pág. 2/2