Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O meu Mundo:-)

O meu Mundo:-)

Fazer o quê?

floreca, 23.02.04
Não ando com vontade de fazer seja o que for. Estou a deixar o trabalho amontoar em cima da mesa, sem me apetecer olhar para ele...
Bem, mas lá terá de ser, vou mesmo ter de o fazer. O mais engraçado é que vou arranjando mil e uma outras coisas para fazer entretanto... eheheh
Estou cansada, mas não é de férias que eu preciso... por vezes chateia-me ter tanto tempo livre e não ter como o ocupar. Ter até tenho... mas nada que me seduza...
Algo novo, precisa-se!!! Algo que me mantenha entretida durante algum tempo, de preferência...

Domingo

floreca, 22.02.04
Os domingos, quando estou sozinha em casa, são sempre o dia da preguiça.
Levanto-me à hora que me apetecer, sem pressas, sem ninguém à espera de nada...
Tomo o pequeno almoço em frente ao computador, com muita calma, para tentar pôr em dia alguma leitura atrasada (hoje pouca havia).
Mesmo tendo afazeres domésticos à espera, eles hojem são feitos com a maior das calmas...
Lá fora, chove. Mas daqui a pouco, vou-me vestir e sair para tomar o meu café e comprar o jornal.
Almoçar, será quando tiver fome...
São bons, os domingos assim. Como se o Mundo parasse para nos dar um momento de paz.
Um bom domingo para todos:-)

Curioso

floreca, 22.02.04
Cheguei agora a casa e vim ver se havia comentários para responder. Reparei que, ao actualizar o blog, ficaram várias pessoas on-line... tanta gente acordada a esta hora a procurar algo interessante na net?
Faz-me pensar... eu também aqui estou...

Mas vou já dormir, que já nem vejo o que escrevo!!! Fiquem bem:-)))

Como fazer durar um amor...

floreca, 20.02.04
"Uma mãe e uma filha estavam a caminhar por uma praia. Num certo momento, a menina perguntou:
- Mãe, como se faz para manter um amor?
A Mãe olhou para a filha e respondeu:
- Pega num pouco de areia e fecha a mão com força!
A menina assim fez e reparou que, quanto mais forte apertava a areia na mão, com mais velocidade a areia se escapava!
- Mãe, mas assim a areia cai...
- Eu sei, mas agora abre completamente a mão...
A menina assim fez, mas veio um vento forte e levou consigo a areia que restava na mão.
- Assim também não consigo mantê-la na minha mão!
A Mãe, sempre a sorrir, disse-lhe:
- Minha filha, agora pega outra vez num pouco de areia e mantem-na na mão semiaberta como se fosse uma colher... bastante fechada para protegê-la e bastante aberta para lhe dar liberdade.
A menina experimenta e vê que a areia não se escapou da mão e está protegida do vento.
- É assim que se faz durar um amor..., respondeu a mãe!"

Enviaram-me por mail... e resolvi colocar aqui:-)

Alguém muito especial

floreca, 16.02.04
Há pessoas que nos marcam de uma maneira tão forte, que dificilmente conseguimos apagar as marcas que deixam.
Pessoas que, pela sua maneira de ser e pela sua beleza, nos encantam e nos fazem sonhar.
Conheci poucas pessoas assim, daquelas que sei que vou recordar toda a vida com um sorriso ou com uma lágrima no canto do olhos...

Uma delas é o homem com quem me cruzei, inesperadamente, no sábado.
Desde esse dia, já senti o coração a bater forte, como já não me lembrava... já me ri que nem uma perdida com ele ao recordar o insólito da cena... e já senti uma lágrima a correr pela cara abaixo...

Tinha-me esquecido de como ele é lindo... e de como os meus olhos se perdem nos dele...

Bastava ele querer e eu seria capaz de o seguir até ao fim do mundo...