Quinta-feira, 8 de Janeiro de 2004

Tudo o que o Amor não é...

 Hoje recebi este texto por e-mail e resolvi pô-lo aqui... Curiosamente, sei dar nomes de pessoas a várias destas situações. Vários, não um só...

jan.jpg

Já se falou tanto em amor, amizade e paixão... Que tal falarmos do que não é amor?

Se você precisa de alguém para ser feliz, isso não é amor. É CARÊNCIA.

Se você tem ciúme, insegurança e faz qualquer coisa para conservar alguém ao seu lado (mesmo sabendo que não é amado) e ainda diz que confia nesta pessoa, mas não nos outros, que lhe parecem todos rivais, isso não é amor. É FALTA DE AMOR PRÓPRIO.

Se você acredita que "ruim com ele (a), pior sem ele (a)" e sua vida fica vazia sem essa pessoa; não consegue se imaginar sozinho e mantém um relacionamento que já acabou só porque não tem vida própria; existe em função do outro, isso não é amor. É DEPENDÊNCIA.

Se você acha que o ser amado lhe pertence; sente-se dono (a), e senhor (a) de sua vida e de seu corpo; não lhe dá o direito de se expressar, de ter escolhas, só para afirmar seu domínio, isso não é amor. É EGOÍSMO.

Se você não sente desejo; não se realiza sexualmente; prefere nem ter relações sexuais com essa pessoa, porém sente algum prazer em estar ao lado dela, isso não é amor. É AMIZADE.

Se vocês discutem por qualquer motivo; morrem de ciúmes um do outro e brigam por qualquer coisa; nem sempre fazem os mesmo planos; discordam em diversas situações; não gostam de fazer as mesmas coisas ou ir aos mesmos lugares; mas sexualmente combinam perfeitamente, isso não é amor. É DESEJO.

Se seu coração palpita mais forte; o suor torna-se intenso; sua temperatura sobe e desce vertiginosamente, apenas em pensar na outra pessoa, isso não é amor. É PAIXÃO.

Agora, sabendo o que não é amor, fica mais fácil analisar, verificar o que está acontecendo e procurar resolver a situação. Ou se programar para atrair alguém com quem sinta carinho e desejo; que sinta o mesmo por você, para que possam construir um relacionamento equilibrado no qual haja carinho, compreensão e reciprocidade, aí sim... Este é o verdadeiro e eterno AMOR.

Todos temos ou vamos ter três tipos de pessoas na nossa vida:

Um (a) AMIGO (a), aquela pessoa que você terá sempre em grande estima, que você sabe que poderá contar sempre, que bastará você insinuar que está precisando de ajuda e a ajuda está sendo dada...

Um (a) AMANTE, aquela pessoa que faz o seu coração pulsar, que fará com que você flutue e nada importará quando vocês estiverem juntos...

Uma PAIXÃO, aquela pessoa que você amará, desejará incondicionalmente, às vezes nem lhe importando se ela lhe quer ou não, e talvez ela nem fique sabendo disso...

Mas, se conseguirmos reunir essas três pessoas numa só...

...encontrámos a felicidade.
publicado por floreca às 00:56
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De Anónimo a 8 de Janeiro de 2004 às 19:57
ciúmes, ciúmes... isso é comigo mesma!!! sou uma ciumenta incorrigível... lol... mesmo quando sei que sou correspondida do outro lado, embora por vezes não o admita.
e é como tu dizes... só nunca sentiu ciúmes quem nunca amou!!
quanto ao resto, o amor é uma mistura de tudo sim, na sua devida dimensão... mal é quando alguma delas se sobrepõe às outras... aí sim, deixa de ser amor para ser qualquer tipo de obsessão...
muita paixão, muito desejo, muita amizade, muita cumplicidade e até alguma dependência saudável... que não procura uma relação assim?
floreca
</a>
(mailto:)


De Anónimo a 8 de Janeiro de 2004 às 18:33
O amor é o conjunto de tudo, é um sacrificio a dois, é prazer mas tambem dor. O DESEJO desmedido, é dinamizado pelo EGOÍSMO, a AMIZADE limita a maldade acrescida, e essa DEPENDENCIA, vem tapar o buraquinho de FALTA DE AMOR.

O batido vitamínico destes adjectivos humanos, em doses por vezes desiquilibradas, fazem-nos querer sempre mais. O amor é vida, e não palavras assim soltas, como árvores presas, e sabemos delas, porque ocupam espaço na paisagem.

Quem é que nunca sentiu cíumes? Mas depois cresce-se, há sempre uma primeira vez. O amor... tão vasto.sexohomem
(http://gay.blogs.sapo.pt)
(mailto:sexohomem@sapo.pt)


De Anónimo a 8 de Janeiro de 2004 às 14:23
só queria sentir agora a paz que transmito...
obrigada pelas tuas palavras:-)floreca
</a>
(mailto:)


De Anónimo a 8 de Janeiro de 2004 às 13:12

Obrigada por colocares aqui este texto. Penso que a sua forma clara, quase esquemática, vai levar algumas pessoas a interrogarem-se sobre os seus sentimentos relativamente a outros, que com elas inter-agem neste plano inclinado de emoções e afectos...
Parabéns pelo teu blog. Descobri-o ontem e tenhosorvido a paz que nele pressinto.Ofélia
</a>
(mailto:ledamadrugada@yahoo.com)


De anonino a 22 de Novembro de 2007 às 17:57
eu nao sou assim fodase eu apenas tanho k afaxtar a essoa k eu gosto de outra como e k eu vou fazer????


Comentar post

Agosto 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23

25
26
27
28
29
30
31


os outros

Corpos e Almas
O meu Mundo:-) I
o cantinho da nena
Blogue de Notas

mais sobre mim

artigos recentes

The one that got away

e vão..

Feliz Natal

I'm all alone and I need ...

Der Himmel soll warten

Fim-de-semana

Just breathe...

Datas

46

ok, eu não digo nada!

tema

blogs

dicas

ensino

filme

melhor canção de amor

música

natal

teste

vídeo

todas as tags

arquivos

Agosto 2013

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Agosto 2010

Maio 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Outubro 2009

Agosto 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Maio 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

Dezembro 2003

contacto

e-mail

Estou no Blog.com.pt
blogs SAPO

subscrever feeds


referer referrer referers referrers http_referer